Para quem pensa que estas informações servem apenas ás pessoas interessadas em moda ou estilo estão totalmente enganadas afinal esse assunto foi motivo de reunião e organização dentro da Secretaria da fazenda que alertou a todos os funcionários a extrema rigidez das empresas com relação à vestimenta inadequada proibindo determinados modelos de roupas.

Estas são as mini-blusas e mini-saias, shorts, bermudas, camiseta regata, entre outros modelos inadequados ao ambiente de trabalho, foram específicos também os sapatos que se restringem em serem confortáveis não barulhentos e acima de tudo discretos. Roupas que estiverem em mau estado também devem ser evitadas principalmente se você lidar diretamente com o publico.

Existem algumas circunstâncias onde você poderá abrir uma exceção, porém é muito importante não exagerar no decote ou na generosidade do patrão, trabalhar de bermudão e chinelo não dá, a primeira coisa que você deve avaliar é o local onde você trabalha e com que pessoas têm contato durante o expediente caso seja um ambiente simples e fechado sua vestimenta não representará muito, mas mesmo assim cautela.

Em casos extremos onde existir a necessidade de seguir uma regra básica de vestimenta não desrespeite as normas, se existe um uniforme o indicado é nunca falhar, mas sim sempre estar com ele. Outra coisa muito importante é procurar não criticar a vestimenta de ninguém por mais que esteja realmente fora dos padrões, a não ser que você seja chefe ou gerente deixe que a pessoa se resolva sozinha.

Outra dica importante é com relação às roupas que marcam de mais o corpo, se esse for o caso procure evitá-las relações interpessoais dentro do ambiente de trabalho pegam muito mal tanto para quem se envolve quanto para quem causa, por isso tenha muita cautela com relação à vestimenta ela é a primeira impressão que o padrão e as pessoas ao redor têm de um funcionário, mantenha a postura e a vestimenta certa.



Deixe uma resposta