Reconstrução capilar

Os fios são constantemente expostos a diversos tipos de agressões como coloração, escova progressiva, sol, chapinha, secador, entre outros. Tais agressões deixam os fios fracos, opacos, ressecados e quebradiços.

Quando isso acontece, parece não haver nenhum meio de deixar os cabelos brilhantes, macios e que tire por completo o efeito “palha”.

Mas, por mais danificados que estejam os cabelos, ainda há uma saída: a reconstrução capilar, que devolve o aspecto natural do cabelo, com muito mais vida, além de prevenir esses danos por um bom tempo após o tratamento.

o que é a reconstrução capilar?

Reconstrução capilar
A reconstrução capilar nada mais do que um depósito de proteínas, aminoácidos e minerais, que são hidratantes essenciais, diretamente na fibra capilar. É um reconstrutor completo.

Essas proteínas tratam as camadas externas dos fios que são responsáveis pelo brilho, maciez e pelo balanço natural dos cabelos.

No tratamento da reconstrução capilar é feito, primeiramente uma lavagem nos cabelos com um shampoo anti-resíduos. Feito isso inicia-se a aplicação do produto nos fios. Depois os cabelos são submetidos ao calor e os fios são selados, permitindo a penetração dos ativos nos fios e criando a camada protetora externa.

quando a reconstrução capilar é indicada?

A reconstrução capilar é indicada para todos os tipos de cabelos, desde os que estão opacos, quebradiços, secos ou os que passaram por processos químicos até aqueles que são virgens.

Os cabelos virgens, que são aqueles que não passaram por nenhum tipo de química. Pode ser feito em cabelos virgens, porque a reconstrução é indicada justamente para preservar e manter os fios saudáveis, então não há mal nenhum em submeter os cabelos virgens a esse tratamento. Eles podem ter uma quantidade menor de produto aplicado e um intervalo entre as aplicações bem maior do que os cabelos mais danificados.

Já os cabelos quimicamente tratados, danificados e que ainda sofrem com as agressões diárias como exposição solar e ar condicionado, por exemplo, devem ser submetidos ao tratamento com mais frequência, tudo dependendo dos danos apresentados, que serão diagnosticados pelo profissional competente.

qual a situação dos cabelos que necessitam da reconstrução capilar

Os cabelos que necessitam da reconstrução capilar, na maioria das vezes, estão opacos, quebradiços ou ressecados. Entretanto, os cabelos virgens, mas que expostos às agressões do dia-a-dia, já são indicados para o tratamento da reconstrução capilar. Lembrando que sempre deve haver uma avaliação do profissional competente.

qual o número de aplicações na reconstrução capilar?

O número de aplicações variam de duas vezes por semana, para aqueles cabelos muito danificados, uma vez a cada 15 dias ou uma vez por mês, nos cabelos que não apresentam muitos danos.

Mas é sempre bom consultar um profissional, para que ele avalie os danos e aplique o tratamento mais indicado com os intervalos adequados.

quais os benefícios da reconstrução capilar?

Os resultados da reconstrução capilar aparecem logo nas primeiras aplicações, os cabelos começam a recuperar a textura, ficando mais fortes, resistentes, brilhantes e macios.

Para que esses benefícios durem e sejam mais eficazes, é necessário fazer uma manutenção em casa. Recomenda-se utilizar os produtos da mesma linha dos utilizados na reconstrução, assim os ativos reconstrutores permanecem nos fios e prolongam os benefícios da reconstrução capilar.
Reconstrução capilar antes e depois

Qual a época que os cabelos são mais danificados?

No verão, pois sempre nos submetemos muito mais à exposição solar, praia e piscina. Mas, quanto mais cuidado, melhor, por isso, todos os tipos de cabelos devem ser tratados durante o ano todo e a intensidade deve ser definida de acordo com as necessidades apresentadas.

qual o preço da reconstrução capilar

A reconstrução capilar é um dos tratamentos mais baratos e o preço varia de R$ 50 à R$ 200, dependendo do comprimento do cabelo e do preço do profissional.

Fazer um tratamento preventivo para evitar danos intensos aos cabelos, principalmente quando a pessoa tem a intenção de realizar processos químicos é sempre muito bom. Os cabelos que são constantemente tratados apresentam maior resistência aos processos químicos e os resultados alcançados serão sempre melhores e otimizados.

A realização da reconstrução capilar antes de um processo de alisamento, por exemplo, aumenta as possibilidades de sucesso do procedimento, sem danos mais graves aos fios. Esse cuidado vale também quando a pessoa for fazer mechas, luzes ou algum outro tratamento que utilize pó descolorante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *