Já não é mais novidade alguma que cuidar da saúde é uma atitude indispensável seja para tratar problemas que estejam acontecendo ou prevenir outros que possam vir a aparecer. Quando citamos o assunto fisioterapia a primeira coisa que ouvimos as pessoas comentarem é que estes só servem para tratar pessoas doentes que sofreram traumas ou lesões prematuramente se esquecendo dos outros tipos de fisioterapia.

Poucas pessoas conhecem os benefícios e as indicações da fisioterapia respiratória, neste processo o paciente recebe orientações com relação a sua respiração ele aprende a controlar o tempo inspiratório e o tempo expiratório. Além de aprender a controlar a profundidade da respiração aprendendo assim o padrão respiratório adequado, os ensinamentos são baseados nos movimentos respiratórios sendo estes os seguintes.

– Inspiração: Feita pelo nariz.
– Expiração: Feita pela boca.

Porém apesar de se tratar de um assunto simples o processo em si não se baseia apenas nestas questões, muito pelo contrário. Além de trazer benefícios à respiração os exercícios devem favorecer o fortalecimento muscular estimulando assim o sistema respiratório onde são considerados os seguintes pontos: alongamentos, exercícios de respiração, além dos exercícios como cinesioterápicos (musculatura abdominal).

Estes movimentos são realizados com o auxilio de instrumentos próprios encontrados apenas em centros de reabilitação fisioterapêuticos, os exercícios tem uma duração de uma hora no máximo e podem ser realizados até três vezes semanais. A fisioterapia respiratória é muito utilizada em casos de problemas pulmonares que auxiliam no tratamento e na prevenção das doenças causadas pro problemas de respiração.

Tanto os adultos como as crianças podem ter acesso ás sessões de fisioterapia respiratória, no entanto em ambos os casos é de máxima importância que haja um acompanhamento e indicação médica profissional, não se esqueça de que qualquer tratamento ou prevenção precisa antes ser avaliada por um bom profissional.

Deixe uma resposta