É possível escolher o sexo do bebê

Apesar das informações disponíveis ainda assim se têm dúvidas com relação ao período gestacional e até mesmo aos períodos que antecedem a gestação como, por exemplo, o momento da concepção do feto. Tanto as mulheres como os homens que querem ter um bebê geralmente possuem uma preferência com relação ao sexo.

Atualmente se tem constatado um enorme índice de mulheres que buscam por reais informações a respeito do sexo do bebê a grande maioria com a mesma pergunta ‘se é ou não possível escolher o sexo do bebê’, sendo assim falaremos sobre essa possibilidade logo abaixo, veremos se de fato é possível escolher o sexo do bebê.

Inicialmente vamos entender como ocorre esse processo, os espermatozóides são liberados do homem para o órgão genital da mulher entram assim a caminho do útero, milhões de espermatozóides são liberados entre eles existem meninas e meninos os meninos fecundam mais rápido já as meninas são mais resistentes.

Desta forma existem grandes probabilidades de se engravidar de um menino já que ele é mais bem rápido do que a menina, mas em controvérsia com isso as meninas vivem mais tempo do que eles que morrem rapidamente. Levando isso em consideração existe exatos cinqüenta por cento de chance para cada sexo.

Existem diversas teorias com relação à oportunidade de se escolher o sexo do bebê, no entanto nenhuma delas se pode comprovar com total plena exatidão. Pesquisadores formados em ginecologia arriscaram palpites e um deles foi de que o tempo e o fluxo menstrual podem decidir de forma clara o sexo do bebê.

Desta forma garantiram que quando o ultimo fluxo menstrual é maior a probabilidade é de que seja menina quando menos a probabilidade será de menino, no entanto não foi possível constatar com exatidão tais suposições. A superfície do órgão genital feminino também pode interferir segundo tais pesquisadores.

No entanto temos de trazer todos para a realidade que é baseada em fatos reais não em suposições e nesta a única chance de ser possível escolher o sexo do bebê é adotando uma criança uma atitude que na grande maioria das vezes não é simples, porém muito recompensadora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *