Que mulher não se assusta ao ouvir falar em varizes ou vasinhos nas pernas? Com certeza nenhuma delas querem um dia ter que tratar deste problema, no entanto infelizmente isso tem se tornado iminente sabendo que as mulheres são as mais afetas por esse problema devido aos hormônios que se dilatam das veias.

Em especial devemos ressaltar que temos como principal inimigo a progesterona. Quando as varizes aparecem parece que surgem diversos outros problemas como o desconforto, as dores, o constrangimento, entre outros sintomas. Á princípio existe um tratamento eficaz, mas com o passar do tempo esse vai sendo descartado.

Além do mais esse tratamento curta tempo e dinheiro duas coisas que a grande maioria das pessoas não possui. A medicina especializada em tratar de doenças ligadas aos vasos sanguíneos é conhecida como Angiologia. Não há necessidade de uma preocupação intensa, pois esses dois problemas apresentam uma solução.

Quando os vasinhos ainda estão vermelhos uma dica viável para o tratamento é a esclerose que promove a secagem através de sustâncias esclerosantes, no entanto o laser pode ser uma segunda opção viável. No caso de serem maiores e azuladas o tratamento deve ser cirúrgico envolvendo processos superiores ao lazer.

Outro método utilizado é a espuma densa que nada mais é do que uma substância em formato de uma espuma literal e age com a mesma forma da esclerose de varizes sejam elas pequenas ou grandes. Cada caso exige um tratamento específico por isso é muito importante estar atento a uma busca por auxílio médico que é o mais confiável.

Os sintomas deste problema geralmente são: veias nodosas e salientes na superfície da pele, andar cansativo e doloroso, cãibras freqüentes, edemas no tornozelo e dores freqüentes. Esse problema é causado pela expansão dos vasos sanguíneos que devido á esforços bruscos ou aos hormônios em excesso se dilatam expandindo-se.

Os tratamentos mais conhecidos são:
– Esclerose: Consiste na aplicação de injeções compostas com anestésicos e glicose.
– Cirurgia: Consiste em mini-incisões com pigmento e ligadura dos vasos.
– Lazer endovascular: Utilizado e casos dos vasos maiores.

Deixe uma resposta