Cuidados com a gastrite

Quando se trata de assuntos relacionados à nossa saúde todos os cuidados são necessários, é muito importante seguirmos algumas orientações para evitar maiores complicações de assuntos que poderiam ser facilmente resolvidos, este é o caso, por exemplo, da gastrite uma doença que atinge o estomago e causa grande desconforto.

Como sabemos nosso estomago é a bolsa interna que recebe tudo aquilo que ingerimos esta parte é formada por uma camada rosada bem parecida com aquela que temos em nossa boca, a gastrite por sua vez é a inflamação dessa parte rosada que é conhecida como mucosa. Ou seja, quando existe essa inflamação a chamamos de gastrite.

A gastrite junto à azia e o refluxo são as doenças mais comuns entre o ramo medicinal. O doutor especialista universitário revela que se trata de uma doença simples, porém que caso não apresente o devido tratamento de forma rápida pode evoluir e se tornar condutora de males maléficos a saúde como até mesmo o pior deles o câncer.

Por sua vez quando tratada corretamente nem sempre existe a necessidade do uso de medicamentos, muitas vezes as mudanças de hábitos incluindo a alimentação e a retirada de certos medicamentos pode resolver o problema. A azia e o refluxo são algumas vezes desencadeados devido à gastrite não ser tratada corretamente.

Os principais sintomas são queimação e dor no estomago, sensação de saciedade, falta de apetite, náusea e vômito. Os especialistas ainda alertam a população com o serio problema da automedicação e relata que esta é a causa dos maiores problemas que assolam os brasileiros. Para diagnosticar o problema será necessário um exame.

Este é conhecido como endoscopia digestiva, para o tratamento como já citamos acima apenas as mudanças de hábitos poderá resolver, no entanto em casos extremos graves serão necessários uso de medicamentos manipulados. Por isso consulte sempre um médico especialista em casos de problemas como a gastrite e entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *