Como melhorar o funcionamento do intestino

O mau funcionamento do intestino também conhecido como prisão de ventre é algo que além de causar constrangimento pode ser prejudicial à saúde afinal apresenta sintomas tais como inchaço, dores no abdômen e até mesmo as infecções intestinais. Sendo assim é muito importante saber as causas do mau funcionamento do intestino e assim poder solucionar o problema da melhor forma possível.

Algumas possíveis causas podem ser: sedentarismo, má alimentação, negligencia ao estimulo intestinal, dietas, uso de medicamentos, entre outros motivos. Entre estes todos eles apresentam uma solução, no entanto é importante agir rápido para que uma suposta infecção não seja desencadeada. O tratamento deve ser indicado por um profissional somente ele pode lhe apresentar métodos eficazes de cura.

Os líquidos ajudam na defecação e as fibras são alimentos insolúveis e apresentam alta capacidade de absorção de água e agem contra a retenção de líquidos essa atitude que facilita o movimento peristáltico. Existem fibras solúveis e insolúveis e ambas facilitam o bom funcionamento do intestino, existem alimentos integrais que tendem a facilitar a digestão dos alimentos, uma alimentação balanceada é fundamental.

Os exercícios físicos também são indicados para o tratamento deste problema, quando se mantém uma alimentação correta e a prática de exercícios diários o intestino tende a funcionar de forma correta e controlada. Alimentos tais como frutas, legumes e verduras são indispensáveis em qualquer dieta. Sendo assim é importante seguir as instruções a seguir para manter um intestino trabalha de forma regulada.

Os sintomas mais comuns são: Fezes ressecadas, impossibilidade de evacuar diariamente, volume fecal baixo, sensação de evacuação incompleta, detenção abdominal, desconforto e mal estar. Ao persistirem esses sintomas você deverá buscar ajuda médica imediata, pois pode tratar-se de uma infecção de intestino.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *