Como funciona a reposição hormonal

O tratamento de TRH (Terapia de Reposição Hormonal) ainda é pouco conhecido entre as mulheres, a menopausa é o processo onde a mesma deixa de ser reprodutiva e passa a não liberar mais os óvulos para a fecundação cessando assim o ciclo menstrual. Desta forma ocorre à diminuição na produção dos hormônios estrogênios, devido a isso surgiram às idéias dos tratamentos de reposição hormonal.

Existe muitas idéias diferentes com relação a esse procedimento, alguns especialistas concordam com tal método eficaz levando em conta que beneficiará a mulher livrando-as dos malefícios causados pela menopausa como, por exemplo, os sintomas sendo calor excessivo, suores noturnos, insônia, baixo desejo sexual, irritabilidade, depressão, entre outros. Além de auxiliar na diminuição dos riscos de fraturas vértebras e de doenças cardiovasculares como o infarto e o derrame.

Em discórdia disso alguns especialistas revelam que o uso excessivo dos estrogênios no tratamento TRH pode causar a mulher riscos de câncer endométrio, aumento de gordura corpórea, retenção de sal e seus fluidos, depressão, dores de cabeça, tireóide, diabetes sendo causada pelo aumento de açúcar no sangue, entre outros problemas. Além de garantirem que este medicamento possui contra indicações.

O procedimento funciona de forma simples e composta assim como o uso da pílula anticoncepcional a mulher terá de tomar uma cápsula diária no mesmo horário, a cápsula por sua vez terá hormônios que o seu corpo parou de produzir. É de máxima importância que você consulte um médico antes de inicial o procedimento de reposição hormonal, afinal isso pode tanto lhes beneficiar quanto prejudicar.

Consulte um médico e informe a ele o seu desejo de começar uma terapia de TRH ele saberá melhor do que ninguém os benefícios e malefícios que o mesmo poderá lhe oferecer sendo assim não pense duas vezes antes de buscar ajuda médica, além do mais todo e qualquer tratamento só deve ser iniciado com ajuda médica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *