Como esquecer um amor proibido

Os assuntos do coração são abstratos de mais para serem entendidos, nem mesmo quem os sente sabe compreendê-los. Existem duas formas de viver a vida, uma delas é como se milagres não existissem e a outra como se tudo na vida se tratasse de um milagre. O amor é o mais lindo entre todos os sentimentos e ele se difere perfeitamente da paixão e da atração.

No entanto apesar de se tratar do mais belo sentimento do mundo muitas vezes esse amor se torna impossível, isso pode acontecer devido muitos aspectos como, por exemplo, a paixão por alguém que não corresponde, sentimento por pessoa comprometida, paixão por pessoa do mesmo sexo, entre outros motivos que tornam um amor proibido ou impossível.

Como lidar com um amor proibido? Será que é possível esquecê-lo? O que fazer para continuar sobrevivendo? Essas talvez sejam perguntas freqüentes feitas por pessoas que sofrem de amor, saibam que para todas essas e muitas outras existem respostas satisfatórias, mas apenas cada um de nós em nosso interior pode fazer com que elas venham à tona.

Não existe uma regra concreta do que é possível fazer para esquecer a pessoa amada, mesmo por que quando se trata de sentimento não existe nada que nós passamos fazer eles nos dominam e acabam sempre determinando como vai ser. O tempo é um remédio capaz de curar qualquer mal sabendo disso aprender a esperar a hora certa é fundamental.

As pessoas levam muito em conta a emoção e esquecem-se de que a razão é o fundamental de qualquer atitude, quando pensamos com os sentimentos raramente somos bem sucedidos. Talvez a pior forma de lidar com essa situação seja aquela onde ela se encontra em seu presente, próxima a você. Não é fácil lidar com essa situação por isso saiba que…

Sobreviver não é uma opção é o único caminho para renascer e um dia quem sabe voltar a viver. Quando lidamos com sentimentos fúteis e menores se torna mais fácil dar a volta por cima, mas quando se trata do amor é impossível esquecer, recuperar-se é apenas uma questão de tempo afinal um dia agente aprende que nada é para sempre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *