Sintomas e tratamento da alergia ao esmalte de unha

Os esmaltes são cosméticos muito utilizados para a beleza das unhas, além disso, também auxiliam na prevenção e no tratamento contra os maus tratos diários que elas sofrem. No entanto os mesmos podem ser fatores pejorativos com relação á causa das mais diversas alergias, esta pode resultar em diversos sintomas.

É muito importante saber que ninguém esta livre desta possibilidade, muitas vezes achamos que coisas desse tipo só acontecem com os outros e quando menos esperamos descobrimos que aquela alergia que nos acompanha a tempos trata-se de intolerância aos agentes presentes nos esmaltes.

Geralmente os sintomas são:
– Lesões ao redor dos olhos e pescoço
– Vermelhidão em regiões distintas
– Coceira freqüentes em tais lesões e vermelhidões
– Espirros ou tosses com freqüência
– Ardência nos olhos ou na pele

Constatou-se que aproximadamente de por cento da população sofre com a alergia dos esmaltes, porém menos de três por cento são as que realmente estão por dentro da situação. São agentes como o formaldeído e o tolueno que fazem parte da composição do esmalte que tendem a causar as infecções e alergias na pele.

Nem sempre utilizar esmalte antialérgico pode ser a solução geral do problema, algumas vezes até mesmo estes fazem mal a nossa saúde e causam os mesmos sintomas, algumas vezes eles podem ser até piores, apesar disso este é o único método que poderá servir como auxilio ao uso de tal cosmético.

É importante lembrar que os esmaltes que causam a alergia estão ligados entre todas as marcas e tipos, sejam bases ou á cores. Desta forma com relação ao tratamento indica-se que seja interrompido o uso de tais produtos, e realizada uma consulta médica com especialista no caso o dermatologista, este sim poderá lhe orientar.

Geralmente o tratamento é feito com medicamentos manipulados, indica-se as mulheres que sofrem dessa mal o uso de esmaltes que sejam hipoalérgicos, no entanto lembrando sempre que até mesmo estes podem causar algumas breves reações, consulte seu medico e peça a ele maiores orientações.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>