Infecção de garganta sintomas e tratamento

Quando falamos de garganta inflamada logo nos lembramos da gripe que é um problema conseqüente da inflamação de garganta. Muitas pessoas também pensam desta forma, mas na realidade a situação correta se trata do contrário citado acima, a gripe é que origina a infecção, porém fazemos a confusão por que ela se trata do primeiro sintoma da gripe e muitas vezes também do único.

A dor que é causada na garganta é conseqüência da inflamação, as amídalas são muito atingidas quanto se trata deste problema. Existem dois motivos causadores da infecção de garganta o primeiro deles é o vírus e o segundo é a bactéria conhecida como Streptococcus sendo assim é importante entender os dois pontos e preveni-los.

Quando a imunidade do organismo se encontra em baixa se torna mais simples contrair esta infecção. Esta imunidade pode baixar devido ao cansaço, má alimentação, desidratação, estresse, fumo ou consumo excessivo de álcool. Concluímos assim que é importante nos manter afastados de tais praticas que baixam nossa imunidade.

Uma dor de garganta livre de uma grande infecção costuma se acumular durante três á quatro dias, quando os sintomas persistem mesmo depois de métodos de tratamento indicamos sempre a procura imediata por um médico. Outro fator importante é alertar contra a automedicação que ao invés de ajudar poderá atrapalhar muito no tratamento.

Os sintomas tradicionais são: Dor nos gânglios linfáticos e expansão dos mesmos, garganta vermelha e inchada, temperatura alta, dor de cabeça, febre, músculos doloridos e muita dor nas articulações. Ao notar que os sintomas aumentam ao invés de diminuírem mesmo com o tratamento indicado trata-se de infecção grave.

Nestes casos indica-se a busca por um médico em seguida o seguimento exato do tratamento recomendado, uma boa alimentação e também o aumento do ânimo, pois muitos problemas são distinguidos por conta de fatores psicológicos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>