6 Dicas para reconhecer um ataque cardíaco antes que ele aconteça

Na sociedade que vivemos atualmente existe um grande número de obesos e esses números só tendem a aumentar, assim como o consumo de produtos industrializados, ricos em gorduras, sal e açucares.

Por isso é tão comum que diversas pessoas acabem sofrendo com problemas cardíacos, mas não é todo mundo que costuma dar muita importância para os ataques cardíacos.

Os ataques cardíacos são um risco real e muito presente atualmente, todo cuidado costuma ser pouco.

Para te ajudar, selecionamos algumas dicas fáceis de como descobrir se alguém ou você está na iminência ou, melhor dizer, correndo risco de ter um ataque cardíaco!

ataque_cardiaco_dest

  1. Fadiga

Sabe aquele cansaço sem nenhuma causa aparente? Normalmente acontece por conta do estreitamento das artérias, fazendo com que o coração da vítima receba menos sangue e o force a trabalhar mais do que o normal.

  1. Falta de ar

Quando o coração bombeia menos sangue, é comum que o pulmão tenha ainda mais dificuldades em transportar o oxigênio.

Os dois órgãos funcionam em um conjunto, então se um não está funcionando muito bem é evidente que o outro também terá problemas.

  1. Fraqueza

Normalmente, sentir uma fraqueza do nada pode significar que as artérias não estão permitindo a circulação sanguínea adequada pelo corpo.

Quando falta a quantidade necessária de nutrientes e oxigênio que são transportados pelo sangue, os músculos tendem a ficar muito mais fracos.

  1. Tontura e suor frio

A má circulação do sangue pode chegar a afetar até o cérebro, e é aí que acontece aquela sensação de tontura e o suor frio.

É de extrema importância que você nunca ignore este tipo de sintoma.

  1. Pressão no peito

Uma das formas de reconhecer um ataque cardíaco é a dor repentina de pressão do lado esquerdo do peito.

Infelizmente, esses sintomas só tendem a aumentar até o momento em que o ataque cardíaco aconteça.

  1. Sintomas de resfriado ou gripe

Esse sintoma não é muito comum, mas pode acabar acontecendo com muitas pessoas. Quando esses sintomas aparecem, do nada, é motivo de preocupação, pois o ataque cardíaco é iminente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>